Ginástica laboral cuida do corpo e da mente







O trabalho é uma das atividades que mais ocupam o tempo de um ser humano e é grande o número de pessoas que passam horas em pé, sentadas numa mesma posição ou realizando repetidamente uma mesma atividade. Com isso, os problemas de saúde de origem física e psíquica são cada vez mais frequentes e atingem as mais diversas profissões. Com o objetivo de evitar problemas e despertar a consciência da necessidade da qualidade de vida no ambiente profissional, as ações para manutenção da saúde laboral têm se intensificado.

“Toda profissão que exige do corpo mais do que ele é capaz de oferecer pode trazer malefícios ao ser humano”, afirma a fisioterapeuta especialista em saúde do trabalho, Gislaine Moreno de Freitas. Segundo ela, uma profissão que exerce mais do corpo não está necessariamente relacionada a uma atividade que requer muito esforço físico. “Ficar sentado por mais de uma hora numa mesma posição, por exemplo, também não é algo a que o corpo está preparado”, destaca.

Interação

Nesse sentido, a presença da ginástica laboral na rotina trabalhista é algo que deve ser incorporado nas mais diferentes atividades, pois ela proporciona ao trabalhador não apenas pausas necessárias para evitar lesões físicas resultantes da má postura ou do esforço repetitivo, como também a interação entre funcionários, além de aumentar a sensação de bem-estar e satisfação. “Todos deveriam ter essa pausa porque é nesse momento que o funcionário pode observar o próprio corpo e identificar sintomas de males físicos, como dores e insatisfações emocionais, que quando não tratadas, tendem a piorar com o tempo e podem causar o afastamento da empresa”, explica Gislaine.

As sessões de ginástica laboral duram de 10 a 15 minutos e devem ser realizadas com o apoio de um profissional da área, como o fisioterapeuta ou um professor de educação física. Já os exercícios são elaborados de acordo com as necessidades de alongamento, relaxamento e fortalecimento dos músculos tensionados durante os movimentos do trabalho. “Todos os encontros são acompanhados de música e em algumas empresas também são aplicadas sessões de ‘quick massage’, em que sessões rápidas de massagem permitem um breve, porém revigorante momento de relaxamento ao profissional”, aponta a fisioterapeuta.

Em relação ao custo do serviço, Gislaine cita estudos que comprovam que, em média, a cada R$ 1 investido em saúde laboral, uma empresa pode lucrar até R$ 4, graças à prevenção de afastamentos de funcionários. O custo-benefício também é destacado pela fisioterapeuta Michelli Toyohara. “Com o início das sessões, os afastamentos por problemas musculares e até mesmo por fatores psicológicos realmente tendem a acabar. Por isso, as empresas devem investir mais na saúde laboral, pois é algo que motiva os funcionários e só traz benefícios tanto a patrões quanto a empregados”, afirma ela.

Ginástica pode propiciar novo estilo de vida

Dentre os principais requisitos para se ter uma boa qualidade de vida, de acordo com a fisioterapeuta do trabalho, Gislaine Moreno de Freitas, estão um sono reparador, uma alimentação saudável e o conforto emocional e físico na rotina de trabalho. “É preciso que a pessoa preste atenção aos sintomas que o corpo apresenta porque eles indicam que algo está fora do que é recomendável e que mudanças são necessárias”, destaca a fisioterapeuta. “A ginástica laboral pode contribuir para estimular uma mudança no estilo de vida, além de reduzir a fadiga mental e física.”

Ainda de acordo com a fisioterapeuta, cerca de 80% dos casos de lesões por esforços repetitivos (LERs) e distúrbios osteomusculares são causados por problemas adquiridos no ambiente laboral. “Quanto mais sedentária for a pessoa, maiores são as chances de sofrer com as lesões”, destaca Gislaine.

Além de incentivar a prática de exercícios físicos, a fisioterapeuta Michelli Toyohara também recomenda que o trabalhador cultive atividades que proporcionem lazer, fora do horário de trabalho, para que a saúde psicológica também seja garantida. Exercícios aumentam produtividade

O número crescente de afastamentos foi uma das principais causas que levaram a empresa Tecno Jabur – responsável pelo desenvolvimento de softwares de computador – a acrescentar à rotina de trabalho a ginástica laboral. Além disso, sessões de ‘quick massage’ e a criação de um ambiente de relaxamento e descontração – onde os funcionários podem inclusive tirar uma soneca depois do almoço – foram apontados pelo gerente administrativo da empresa, Jesse Rodrigues Silva, como principais responsáveis pelo aumento de produtividade e o fim de dores e estresse dos funcionários.

Segundo a fisioterapeuta Michelli Toyohara, desde que a ginástica laboral foi implantada na empresa, as segundas-feiras não são mais recebidas com a ansiedade e depressão que atingem a maioria dos trabalhadores. “Eles até podem chegar desanimados, mas depois do exercício e de toda a socialização que é realizada, eles declaram que se sentem muito mais dispostos para o trabalho.”

Ambiente relaxante

Duas vezes por semana, logo no começo do dia, Michelli Toyohara coordena a ginástica laboral ministrada aos funcionários da Tecno Jabur. Em outros três dias, durante o intervalo de almoço, ela promove sessões de ‘quick massage’. As duas atividades são realizadas com música e com a difusão de essências no ambiente para estimular o relaxamento e a descontração.

Como a empresa é voltada à criação de softwares, as atividades laborais geralmente são realizadas em frente ao computador. A fisioterapeuta sugere exercícios para melhorar a musculatura e diminir a tensão no antebraço, ombros e na região lombar, áreas mais comprometidas pela atividade. “Com os exercícios já deu pra notar que muitos funcionários estão com uma postura mais ereta e não reclamam de dores. Já com a massagem, o objetivo é diminuir o cansaço, melhorar a circulação e aliviar as tensões”, indica Michelli.

Você não pode perder:

Conheça o Drive Virtual de Ginástica Laboral
Aulas Ginástica Laboral - Guia Prático
Ginástica laboral cuida do corpo e da mente Ginástica laboral cuida do corpo e da mente Editado por Dani Souto on 17:13 Nota: 5

Um comentário:

Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Ingles. Daienne

Tecnologia do Blogger.