quarta-feira, 25 de maio de 2011

Tipos de Ginástica Laboral






A ginástica laboral tem sido classificada por diversos autores de forma diferente, observar-se-á neste presente trabalho classificada pelos autores Maciel, 2005; Albuquerque, 2005; Melzer, 2005; Leônidas (2005) pelas seguintes formas: preparatória, compensatória, de relaxamento e corretiva:


Ginástica laboral preparatória
Realizada no início da jornada de trabalho, ela ativa fisiologicamente o organismo, prepara para o trabalho físico e melhora o nível de concentração e disposição, elevando a temperatura do corpo, oxigenando os tecidos e aumentando a freqüência cardíaca. Tem a duração aproximada de 10 a 12 minutos. Inclui exercícios de coordenação, equilíbrio, concentração, flexibilidade e resistência muscular (Maciel, 2005; Albuquerque, 2005; Melzer, 2005; Leônidas , 2005).

Ginástica laboral compensatória
Com duração de 5 a 10 minutos durante a jornada de trabalho, sua principal finalidade é compensar todo e qualquer tipo de tensão muscular adquirido pelo uso excessivo ou inadequado das estruturas musculoligamentares. Tem o objetivo de melhorar a circulação com a retirada de resíduos metabólicos, modificar a postura no trabalho, reabastecer os depósitos de glicogênio e prevenir a fadiga muscular. São sugeridos exercícios de alongamento e flexibilidade, respiratórios e posturais (Maciel, 2005; Albuquerque, 2005; Melzer, 2005; Leônidas , 2005).

Ginástica laboral de relaxamento
Realizada no final da jornada de trabalho durante 10 ou 12 minutos, tem como objetivo a redução do estresse, alívio das tensões, redução dos índices de desavenças no trabalho e em casa, com conseqüente melhora da função social. São realizadas auto-massagens, exercícios respiratórios, exercícios de alongamento e flexibilidade e meditação (Maciel, 2005; Albuquerque, 2005; Melzer, 2005; Leônidas , 2005).
Ginástica laboral de compensação
Tem o objetivo de evitar vícios posturais e o aparecimento da fadiga, principalmente por posturas extremas, estáticas ou unilaterais. Podem ser realizados movimentos simétricos de alongamento dentro do próprio setor ou ambiente de trabalho entre 5 a 10 minutos (Maciel 2005; Albuquerque, 2005; Melzer, 2005; Leônidas , 2005).

Ginástica laboral corretiva
A finalidade da Ginástica Laboral Corretiva é estabelecer o antagonismo muscular, utilizando exercícios que visam fortalecer os músculos fracos e alongar os músculos encurtados, destinando-se ao indivíduo portador de deficiência morfológica, não patológica, sendo aplicada a um grupo reduzido de pessoas. Entretanto, a Ginástica Laboral Corretiva visa combater e, principalmente, atenuar as conseqüências decorrentes de aspectos ecológicos ergonômicos inadequados ao ambiente de trabalho (Maciel, 2005; Albuquerque, 2005; Melzer, 2005; Leônidas , 2005).


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...