O uso de objetos na Ginástica Laboral






 

A rotina exaustiva de trabalho pode comprometer o rendimento do funcionário. Uma dorzinha aqui e outra ali, pode sinalizar que há algo de errado no seu corpo devido à jornada de trabalho.

Esse incomodo pode ser também causado pelo manuseio incorreto dos objetos utilizados na ginástica laboral e impede que os colaboradores desfrutem dos benefícios da prática como: o fortalecimento muscular, o alongamento global e a melhora do retorno sanguíneo.

O uso inadequado de bolinhas e demais objetos usados para reabilitação, sem orientação pode trazer prejuízos ao trabalhador. Porém, se não receberem nenhuma orientação para realizar os exercícios. Com isso, acabam fazendo movimentos repetitivos, que podem provocar mais desgaste nas fibras musculares", esclarece a especialista.

Importância da ginástica laboral

A ginástica laboral é uma medida preventiva e ajuda a controlar as chamadas doenças ocupacionais, além de diminuir acidentes de trabalho, aumentar a produtividade e melhorar o bem ­estar geral.

Existem três tipos de ginástica laboral:

A ­ginástica laboral preparatória, que é aplicada no início da jornada de trabalho, visa ao aquecimento, à preparação da musculatura e das articulações, que serão utilizadas no trabalho. Esse tipo de atividade previne acidentes, distensões musculares e doenças ocupacionais. Já a ginástica laboral compensatória é realizada no meio do expediente. Previne a fadiga causada pelos movimentos repetitivos, atividades com sobrecarga muscular e, se o ambiente for estressante, diminui as tensões musculares. Por último, a ginástica laboral relaxante é mais indicada para quem atende ao público, para extravasar as tensões acumuladas nas diversas regiões do corpo e deve ser feito no fim do expediente", aconselha.

A terapeuta recomenda que a atividade seja realizada, se possível, todos os dias com duração de 20 a 15 minutos. Se não tiver disponibilidade, pode ser feito duas vezes na semana ou até uma vez. Depende da necessidade de cada empresa.

Objetos da ginástica laboral

Além da bolinha, outros materiais são utilizado na prática da ginástica laboral.

Pode-se usar bolas, bambolês, elásticos, bexigas e outros que ajudam na realização de atividades mais dinâmicas, principalmente na ginástica laboral preparatória. Colchonetes, bolinhas de cravos e massageador manual são adotados na ginástica compensatória e relaxante. Todas as atividades devem ser sempre programadas com um alongamento associado.

Além dos equipamentos citados anteriormente, a terapeuta destaca os benefícios do apoio de pé. O apoio de pés auxilia na distribuição do peso do corpo junto com os membros inferiores, deixando de sobrecarregar a coluna vertebral, sendo assim auxilia no retorno sanguíneo e linfático, entre outros benefícios.


Você não pode perder:

Conheça o Drive Virtual de Ginástica Laboral
Aulas Ginástica Laboral - Guia Prático
O uso de objetos na Ginástica Laboral O uso de objetos na Ginástica Laboral Editado por Sua Saude on 08:23 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.