Curta e Siga


Fisioterapia e Educação Física na Ginástica Laboral




 


A ergonomia compreende um conjunto de conceitos que tem por objetivo estruturar o ambiente de trabalho da maneira mais confortável possível, evitando o desenvolvimento de lesões decorrentes do desempenho das atividades do funcionário. A ginástica laboral é uma das grandes aliadas no combate à má postura corporal e a fadiga originada por esforços excessivos ou repetitivos no ambiente e trabalho.

A adoção da ginástica laboral dentro do ambiente organizacional deve ser sempre desenvolvida por um profissional de fisioterapia ou educação física, é importante manter também um profissional que auxilie os colaboradores em situações de dores musculares, articulares ou quaisquer outros tipos de fadigas relacionados à postura no ambiente de trabalho.
Variações da ginástica laboral

A ginástica laboral em geral é composta de três etapas distintas que são ministradas de acordo com a necessidade, a ginástica preparatória é ministrada antes da jornada de trabalho, com duração média de 10 minutos. A ginástica compensatória é ministrada durante o expediente, possui duração média de 10 minutos e auxilia no relaxamento do corpo em atividades repetitivas ou intensas. E por fim temos a ginástica de relaxamento, que é voltada para reparar o desgaste da jornada de trabalho, em geral são exercícios de respiração e relaxamento com duração média de 20 minutos.

Benefícios dentro do ambiente organizacional

Os benefícios da adoção da ginástica laboral dentro do ambiente organizacional sejam em atividades de escritório ou industriais são evidentes como, por exemplo:

• Melhoria na interação entre os colaboradores
• Maior produtividade e assertividade nos processos internos
• Diminuição dos problemas relacionados a tensões musculares
• E diminuição dos índices de absenteísmo originados de afastamentos por lesões ou acidentes de trabalho

A ginástica laboral deve ser sempre ministrada por um profissional de educação física, fisioterapia ou outro profissional que possua conhecimentos certificados na área de ergonomia. O simples ato de participar das atividades propostas pela ginástica laboral diminuem drasticamente as chances de desenvolver as doenças mais comuns em ambientes de trabalho que são a LER (lesão por esforço repetitivo) e a DORT (distúrbio osteomuscular relacionado ao trabalho).

Profissionais de Educação Física e Fisioterapia, especializados nesse tipo de exercício, conduzem as práticas que podem ser feitas dentro do escritório, na estação de trabalho de cada colaborador.

Os instrutores buscam adaptar os exercícios a cada tipo de público e ambiente, atentando-se às atividades que o colaborador desenvolve e como os exercícios podem ajudar. Os exercícios são simples, baseados em alongamentos e feitos de maneira rápida para não se tornarem maçantes.

Saiba mais sobre o CONAERGO - Congresso Nacional Online de Ergonomia. Clique aqui!

Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

Nenhum comentário